COMO ESCOLHER A CALCINHA CERTA

Sabe quando você capricha na produção, olha no espelho e vê que tem curvas extras no seu corpo? De onde elas vieram, se há poucos minutos não estavam lá? Da calcinha errada. Sabemos de cor o comprimento da saia que achata ou alonga a silhueta, o decote que valoriza o seio ou deixa o look vulgar… Mas na cartilha feminina é comum não ter este capítulo: como escolher a calcinha.


1. O tamanho


O corpo muda com o tempo e a gente não percebe que o tamanho da lingerie precisa acompanhar. Passa despercebido, já que nossas peças de estimação têm lugar cativo no guarda-roupa. Mas experimente, por exemplo, provar um número maior e veja se a calcinha não fica mais confortável.


2. O modelo


Não é porque se está acima do peso que não dá para usar uma calcinha com tirinhas. Existem modelos com regulagem nas laterais, como no sutiã. Assim, elas não marcam.
Se prefere as que desenham melhor a cintura e os quadris, pode investir no modelo de cós mais alto sem medo de parecer careta. Sunguetes e caleçons podem ser muito sexy sem aquele elástico apertado na cintura igual ao das cuecas.
Para quem gosta de fio dental, mas quer passar longe das tirinhas finas, existem peças com as laterais mais largas.

2 comentários:

  1. Jac Bagis disse...:

    legal... eu não vejo a hora de voltar a usar calcinha pequena :P

  1. Vocês são lojistas?
    beijoss!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentariso machistas ou muito sem noção.

links

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Post

 
Boutique abusada © 2013 Traduzido Por: Nippon Press